[ editar artigo]

A Deusa do Amor

A Deusa do Amor

 

Era uma vez uma menina que tinha muita vontade de mandar. Era difícil para ela respeitar as regras de casa e da escola. Desentendimentos aconteciam pela dificuldade em entender as regras para a convivência em grupo.

Foi então que ela chegou no BeaBrincar e junto com outras crianças começou a brincar. E foi brincando que ela começou a aprender importantes lições para a vida dela. Falar de si, ouvir os amigos, respeitar o desejo do outro, fazer parcerias, reconhecer que faz parte de um grupo.

Essa menina aprendeu, cresceu, fez reflexões importante, e foi então que de repente, numa sessão com tecidos, estava ela lá, de branco, suave, leve e num jogo simbólico muito rico e verdadeiro disse: “Eu sou uma Deusa, preciso de uma roupa branca!” “Eu sou a Deusa do amor”. E como Deusa do amor, bastava ela tocar nas pessoas que a transformação acontecia e ela dizia: Faça como a Deusa do amor, respire fundo, fale palavras alegres, não brigue com os outros, é o que eu faço para melhorar!”

Poucos têm a oportunidade de conhecer uma Deusa do amor!

Ela estava lá no BeaBrincar nos mostrando que o brincar é transformador!

Criançário
Beatriz Cornelsen
Beatriz Cornelsen Seguir

Beatriz Cornelsen Boscardin é formada em Educação Física pela UFPR, Especialista em Psicomotricidade Relacional. É diplomada como supervisora em Psicomotricidade Relacional.

Ler matéria completa
Indicados para você